Por dentro da história: Descendants of the Sun

12:24


  No post de hoje, viemos incrementar algumas informações e fatos que foram nos mostrados durante o dorama Descendants of the Sun de 2016 e que podem ter deixado alguma curiosidade ou incerteza.


Praia de Navagio, Zakynthos – Grécia

 A Praia do Naufrágio ou Navagio (ναυάγιο) em grego, onde algumas cenas foram gravadas para o dorama, é uma das principais atrações de Zakynthos, uma ilha localizada a noroeste da Grécia. Já foi considerada a praia mais bela do mundo!
 Segundo uma lenda local, a embarcação escocesa realizava o trajeto Turquia-Itália e foi perseguida pela marinha grega por contrabando de cigarros e bebidas. Durante a fuga ocorreu uma forte tempestade que foi a responsável por seu naufrágio. Até hoje seus destroços se encontram encalhados na praia e se transformaram num símbolo local.
 No dorama, Shi-jin fala sobre outra lenda, ele diz que você pode voltar a esta praia a qualquer momento se você pegar uma pedra e levar consigo quando você estiver indo embora, então ele da uma pequena pedra para Mo-yeon e fala que eles podem voltar até lá juntos em outro momento.


Albert Schweitzer

 Sobre Albert Schweitzer, citado no dorama várias vezes, podemos dizer que dentre todos os trabalhos que ele fazia, o que se relaciona mais com o dorama foi o fato dele ter sido um médico alemão. 
 Ele foi um dos primeiros médicos a se dedicar em missões onde necessita-se da sua profissão e poucos são os que se importam de verdade com o povo em guerra e que tem coragem o suficiente para encarar essas situações de frente. 
 Relatos datam que por volta de 1911 ele decidiu partir para Lambaréné, no Gabão, onde uma missão necessitava de médicos. Ao deparar-se com a falta de recursos iniciais, improvisou um consultório num antigo galinheiro e atendeu seus pacientes enfrentando obstáculos como o clima hostil, a falta de higiene, o idioma que não entendia, a carência de remédios e instrumental insuficiente. Tratava de mais de 40 doentes por dia e paralelamente ao serviço médico, ensinava o Evangelho com uma linguagem apropriada, dando exemplos tirados da natureza sobre a necessidade de agirem em beneficio do próximo.
 Alguns anos depois, ele voltou a Lambaréné, com pessoas dispostas a ajudá-lo e acolher essa causa e assim conseguiram aos poucos construir um hospital por lá. Ele foi laureado em 1952 com o Prêmio Nobel da Paz, com uma humilde homenagem a um “grande homem”.
 Com essas informações fica claro a relação com o dorama em si, e entendemos melhor porque o respeito enorme pelos feitos desse grande homem! 

 Podemos concluir que o dorama vai além de histórias de romance. O k-drama nos mostrou tanto a realidade dos que lutam por seu país, da dureza que é estar no exército e seguir ordens acima de tudo, da triste espera por seus familiares ou amados que vão à guerra e a incerteza de se eles conseguirão voltar vivos. Ele mostra também a dureza dos médicos que ajudam em países onde vivem em guerra e não possuem serviços médicos à disposição. 
 O dorama é bem profundo e faz um forte apelo para que possamos ajudar da forma que podemos para compra dos medicamentos, comida e tantas outras coisas que podem parecer fúteis para nós, mas que para muitos não é! Se você ainda não viu, eu recomendo que vejam, e caso queiram saber um pouquinho mais da nossa opinião, ele foi indicado neste post! 

Créditos: ecoviagem | wikipedia

Você também pode gostar

0 comentários

- Aproveite este espaço para conversar conosco. As guardas estarão monitorando e moderando seus comentários para evitar que não sejam lidos e também evitar comentários desrespeitosos;

- Deixem sempre o link de vossos blogs nos comentários para que nós e outras pessoas possam visitar;

- Caso queira entrar em contato sobre o blog use o nosso e-mail (ruadasbegonias@gmail.com).

Siga o blog

Acompanhe pelo facebook

Conheça outros blogs