Primeira impressão: Temp. de outono 2016

12:15


Hoje viemos trazer nossas primeiras impressões sobre os primeiros episódios de alguns animes dessa temporada. Se você tem algum para nos recomendar, não deixe de compartilhar conosco!


MariShuumatsu no Izetta começou logo com uma cena de ação e um pouco de mistério. O primeiro episódio nos leva em uma época onde guerras estão acontecendo na Europa. Nesse contexto nos é apresentada a princesa Finé que foi pedir ajuda a um de seus aliados já que seu povo de Eylstadt corre perigo. Enquanto ela tenta convencer seu aliado, recebe a notícia de que seu país já está em guerra, e que já é tarde de mais. Logo depois ela encontra uma garota mágica que foi apresentada nos primeiros minutos do anime, chamando-a de "Izetta, minha bruxa branca". Depois de Izetta salvar a princesa o episódio acaba.
A animação é boa e me deixou com uma ótima primeira impressão, portanto, continuarei assistindo!


Bru: Mahou Shoujo Ikusei Keikaku tem um traço um tanto infantil, mas é tão fofo que faz seus olhos grudarem na tela. Pelo menos foi essa impressão que tive assistindo ao primeiro episódio, em que a personagem principal conseguiu se tornar uma garota mágica como sempre sonhou e passou a descobrir mais sobre sua nova vida. Foi um episódio bem rápido e gostei de tudo no geral. A história provavelmente não será uma das mais incríveis e mirabolantes, mas acredito ser um bom anime para acompanhar - principalmente se gosta de mahou shoujo.


Mari: Monster Hunter Stories Ride On tem uma animação bem bonitinha, mas pelo fato dos dragões terem um design diferente do anime em si, torna as cenas um pouco estranhas a primeira vista. O primeiro episódio nos mostrou o personagem principal Lute e seus amigos que acompanham Lute em uma aventura todos os dias em busca de um ovo. Foi explicado que os humanos podem coexistir com os dragões, sem ter que caçá-los, e assim, são chamados de Riders. Todos que desejam ser um Rider, tem que passar por um ritual onde recebem uma pedra e um ovo e assim vão testar sua afinidade com o dragão para poder chocá-lo. Porém, Lute não quer um ovo qualquer, ele deseja encontrar por si próprio. No final do episódio ele acaba encontrando um ovo e tudo indica que a ligação entre eles não é tão fraca e tão simples assim!


Mari: ViVid Strike! conta sobre Fuuka e sua amiga Rinne quando ainda crianças órfãs, vítimas de bullying. Fuuka sempre se colocava na frente de Rinne defendendo-a de todos e sempre dizia que ia se tornar mais forte a cada dia para que possa proteger aquilo que ama. Depois dessa breve introdução do passado, o anime nos mostra o presente, onde Fuuka não tem família e nem um lar para ficar e Rinne, sua amiga que odiava a opressão dos mais ricos sobre os mais pobres, foi adotada por uma família com muito dinheiro e agora se tornou aquilo que um dia desprezou. É nesse contexto que o anime também fala sobre uma academia de meninas que treinam para competir em um torneio. Rinne está entre as melhores e Fuuka que não tinha interesse na academia teve uma oportunidade de entrar e quem sabe ficar frente a frente de sua antiga amiga. 

Mari: Natsume Yuujinchou Go é a única continuação que estou vendo. Confesso que estava morrendo de saudades de ver essa bolinha tão fofa! O anime continua com o mesmo "ar" de sempre, as músicas estão lindas como todas as outras e as aberturas simples e sutis. Estou amando poder assistir mais uma temporada!

Bru: Nanbaka parece um anime divertido, tem cores vibrantes e personagens engraçados. São quatro prisioneiros que são especialistas em fugir de prisões. Eles tentam fugir da maior prisão já construída, mas sem sucesso. Por enquanto nada de surpreendente na história, apesar da boa comédia que é atraente.


MariYuri!!! on Ice conta a história de um patinador que acabou sendo derrotado nas últimas competições e acaba voltando pra sua cidade natal onde fica nas termas que sua família cuida para tentar encontrar sua paixão pela patinação novamente. Ele sempre teve admiração por Victor Nikiforov e desde criança imitava as performances dele. Na sua cidade natal ele encontra uma antiga amiga a qual ele tem uma queda, e vai para a pista de gelo, lá, para não perder o costume ele imita uma das performances de Victor com perfeição, e sem ele saber, um vídeo acaba sendo postado na internet e acaba chegando ao mesmo.
Até aqui o anime foi muito bem, a animação não é das mais bonitas, mas é difícil fazer uma animação de coreografia de patinação artística, e acho que conseguiram deixar tudo bem proporcional. A abertura é sutil e eu gostei. O único momento, que para mim foi desnecessário, foi a cena final, mas espero que eu não me decepcione porque eu gostei do anime em si!

BruOccultic;Nine estava esperando ansiosa por esse anime e tive uma boa primeira impressão. Fomos apresentados a muitos personagens no primeiro episódio que teve muitas cenas com uma certa ligação. O clima misterioso é excelente e te faz querer saber mais sobre a história. Super ansiosa para continuar assistindo.

Bru: Keijo!!!!!!!! finaliza nossa primeira impressão. O que dizer de um anime assim, não é mesmo? Conta a história de uma garota que tem grandes habilidades de ginástica e quer participar de Keijo, uma competição sobre uma plataforma na água cujo objetivo é derrubar as adversárias com a bunda ou os peitos. Um desenho de qualidade duvidosa, cenas totalmente fora da física e o que era para ser uma comédia para mim se mostrou uma grande bobagem.
Mari: Achei que seria engraçado, mas não consegui parar de pensar nas bizarrices que aconteceram do início ao fim! Aparentemente a bunda e o peito das meninas possuem uma força anormal que podem fazer um vento tão forte com um movimento capaz de te desequilibrar, ou até mesmo deixar hematomas, e por um golpe no queixo te deixar inconsciente. Como podem ver no print tirado do anime, a bunda parece ter vida própria e convenhamos que os desenhos estão bem desproporcionais, e um peito ser capaz de se mover (no sentido de conseguir fazer força) ou até mesmo crescer instantaneamente é meio que bizarro demais! Até porque, se esse último fosse possível eu adoraria! Tirando as bizarrices de lado, eu até que gostei da animação, e pra quem gosta de animes como esse, acredito que vão se divertir, seja lá o que veem de legal nisso.

Você também pode gostar

1 comentários

  1. Eu gostei muito de Yuri On Ice, sério. Tô super curiosa pros próximos episódios e já amo muito o Victor, achei muito emocionante quando ele faz um "cover" da apresentação do Victor, cara, eu me arrepiei muito! E um anime que eu não gostei foi Occultic;Nine. Simplesmente não desceu e eu assisti o episódio duas vezes, foi blé. Ainda não vi Shuumatsu no Izetta, ouvi falar muito bem dele, vou assistir. Acho até que essa temporada tá bem fraquinha, sabe? Me interessei por poucos animes, mas acontece, né?
    Beijos!
    they call me maya

    <3

    ResponderExcluir

- Aproveite este espaço para conversar conosco. As guardas estarão monitorando e moderando seus comentários para evitar que não sejam lidos e também evitar comentários desrespeitosos;

- Deixem sempre o link de vossos blogs nos comentários para que nós e outras pessoas possam visitar;

- Caso queira entrar em contato sobre o blog use o nosso e-mail (ruadasbegonias@gmail.com).

Siga o blog

Acompanhe pelo facebook

Conheça outros blogs