Primeira impressão: Temp. de primavera 2016

19:26


 O que estão achando sobre a nova temporada de animes? Hoje viemos trazer nossas primeiras impressões sobre alguns animes da temporada de primavera. É importante lembrar que os comentários feitos são de nossa opinião acerca apenas dos primeiros episódios. Venha conferir e não deixe de nos dizer qual o seu favorito! 

Netoge no Yome wa Onnanoko ja Nai to Omotta? divide a animação entre a vida real e a vida online de quatro personagens de um jogo chamado Legendary Age. Os quatro formam uma guilda e vivem aventuras juntos no RPG. Certo dia eles decidem fazer uma reunião offline para se conhecerem melhor, e descobrem que todos são do mesmo colégio. 
 Achei a troca de cenas entre o jogo online e a vida real muito bem feitas, a animação esta boa, e pra quem gosta de MMORPG e romance acredito que vai adorar o anime! Tem um pouco de fanservice sim, mas nada muito grandioso (Mari).

 Anne Happy é um Slice of Life muito fofo. O anime nos mostra a vida de estudantes de uma classe específica de meninas onde onde todas parecem ter um mal karma. E a professora da classe diz que trará a felicidade de volta para todas elas.
 A animação não é das mais elaboradas, principalmente os cenários, mas não deixa de cumprir seu papel, deixando o anime agradável e bem bonitinho! O anime é baseado em cenas que nos mostram o quão azaradas as meninas são, se envolvendo em diversas situações um tanto perigosas (Mari).

Shounen Maid conta sobre um menino que acabou de perder seu único parente, sua mãe, e não sabe o que vai acontecer dali em diante, até que ele conhece um tio do qual nunca havia ouvido falar, e vai morar com ele. É um anime onde muitas pessoas acharam ser um yaoi, mas aos meus olhos, é só um tio mimando seu sobrinho. Não vi malícia, tanto que o anime não carrega com si a tag yaoi, como é o caso do anime dessa temporada Super Lovers (Mari).

 Koutetsujou no Kabaneri acontece em um mundo onde os humanos ficam coagidos e vivem escondidos em estações  e isolados por muralhas devido a uma ameaça que assombra à todos lá fora.
Devo dizer que eu gostei bastante. Os efeitos e as cenas de ação estão muito bem feitas. E vou logo alertando que o anime conta com cenas de horror e bastante sangue, então fica ao seu critério assistir ou não. Estou com grandes expectativas sobre ele, então vou continuar acompanhando! (Mari).

 Sousei no Onmyouji conta a história de exorcistas, e foca em dois personagens, um deles possui um passado misterioso e que na vida atual tenta evitar seu destino de se tornar exorcista a qualquer custo. Porém, algo inesperado acontece e ele se vê obrigado a usar seus poderes que a muito tempo estavam esquecidos.
 É um anime que me deixou bastante curiosa, o primeiro episódio foi uma introdução dos personagens e deu pra ter uma noção da história de ambos os principais. As cenas de luta são bem interessantes, apesar da animação não ser das mais belas. Vou continuar assistindo e espero não me decepcionar (Mari).

 Bungou Stray Dogs tem uma linda arte, com ótimos gráficos que te deixam intrigado para continuar. A história basicamente nos apresentou um grupo misterioso que tem poderes sobrenaturais, um deles com certos problemas para encontrar a razão da vida (está relendo um livro sobre maneiras de cometer suicídio, vejam só) e o novo integrante do grupo: um tigre... Pois é. Apesar da bela aparência, tudo depende do andar da história, e como não vi nada tãão surpreendente provavelmente não vou acompanhar este anime. Além do mais, pela arte da prévia (que era linda demaaais), achei que se trataria de um puro anime de suspense, mas tem muita comédia - o que achei que quebrou um pouco o clima (Bru).

 Flying Witch é um anime com uma vibe muito tranquila. Desde as cores, os cenários, as poucas falas e a dublagem da personagem, tudo é bem calmo. A nossa pergonagem principal é bem desligada, e como bruxa usa suas magias na frente dos outros como se fosse normal, o que da um toque de comédia. É animado pela J.C.Staff, então não tenho nada a reclamar pela animação, mas não me empolguei tanto nesse primeiro episódio (Mari).

Boku no Hero Academia foi bem esperado por muitos devido a fama que seu mangá tem feito. No mundo em que se passa 80% da população nasce com algum tipo de poder, e depois de se formarem no colégio, entram em escolas para aprimorar seu poderes e virarem super heróis, o que é o sonho da maioria das crianças e adolescentes. Porém, é claro que sempre tem pessoas que pensam o contrário e acabam seguindo caminhos diferentes. E nesse contexto, temos o protagonista, que sonha em se tornar um herói, porém, tem um pequeno problema, ele não possui poder algum.  
 A história e os heróis são inspirados nos comics americanos e séries japonesas antigas. A animação não é das melhores, mas o enredo é bom e vou confiar na história do mangá (Mari).

 Seria Mayoiga o melhor da temporada? Quem sabe, fica aqui minha aposta... O anime nos apresentou logo de cara os personagens que estão dentro de um ônibus rumo a uma nova vida. Sim, todos pretendem abandonar o que costumavam chamar de realidade e começar tudo de novo. E era esse o ar de mistério que estava procurando, com conversas um tanto pesadas, sem aquela quebra de clima para o lado da comédia (a julgar pelo vômito da personagem mais fofinha em cima do motorista). Enfim, se isso também te incomodou em "Bungou Stray Dogs", saia dessa vida e vá assistir Mayoiga como eu (Bru).

Você também pode gostar

2 comentários

  1. Netoge: Não gostei muito não, vou continuar assistindo para ver se melhora, mas a comédia é apenas ok e o romance não acredito que vá evoluir porque a garota está literalmente grudada no protagonista e ele não toma nenhuma atitude (nem que seja rejeitar) e porque é um harém.

    Unhappy: Achei bastante engraçado e gostei das personagens.

    Shounen Maid: Não achei que fosse ser yaoi, mas achei que fosse ser uma comédia escrachada cheia de piadas sexuais, mas o que vi no primeiro episódio foi uma situação delicada onde todos os personagens agiram de forma verossímil e bastante sensível, exceto claro pelas peculiaridades de um (que tem TOC por limpeza) e de outro (que adora roupas com babados), que servem para dar o tom de humor e evitar o clima pesado. Muito bom.

    Kabaneri: É Ataque dos Titãs do começo ao fim, mas melhorado, o que sempre é bom. Gostei muito da arte também, é sempre divertido ver algo diferente (e nesse caso só é "diferente" porque contrataram um character design vindo direto dos anos 1980, o cara é responsável pela arte original de Macross e Gunbuster, entre outros animes da época; continuou trabalhando nos anos 1990, mas desde os anos 2000 não tinha muito trabalho com anime pra TV).

    Twin Star Exorcists: Concordo em quase tudo, já que eu gostei da animação também, hehe.

    Bungou Stray Dogs: Eu também esperava um anime de mistério, mas gostei dos personagens e do cenário o suficiente para ficar satisfeito com um anime de ação sobrenatural também =)

    Flying Witch: É o slice of life por excelência da temporada, pelo menos até agora. É uma típica história de "garota de fora que se muda para cidade pequena".

    My Hero Academia: É, todo mundo que conhece o mangá diz que melhora... tomara que chegue nessa melhoria logo então, porque tá bem fraquinho por enquanto, né?

    Mayoiga: É suspense com Mari Okada, ou vai ser muito bom ou vai ser muito ruim, de um jeito ou de outro deve ser trash, vamos ver =D

    ResponderExcluir
  2. Olá~ Mais uma avaliação prévia dos animes da temporada! *3* nós não pegamos muitos títulos em comum pra variar ahaha. Dos que vocês citaram eu peguei Bungou Stray Dogs e Boku no Hero Academia. Gostei do primeiro porque eu achei o estilo muito bonito, além de ser adepta do gênero suspense+comédia, então nada disso me incomodou no anime /o/ estou curiosa pra descobrir o poder de cada membro então vou continuar acompanhando por enquanto ♥

    Boku no Hero Academia eu também comecei a assistir porque ouvi falar que era um dos títulos mais espedrados, e como parece ser meio parecido com OPM eu embarquei toda feliz. Não me decepcionei nem um pouco. Apesar do traço meio bruto, os personagens são muito legais e a história parece ser muito boa (senti uma vibe de Super Escola de Heróis ali no meio AHAHAHA) mas afinal, eu sou gamada num bom Shounen e o título pertence à Shounen Jump, por isso acho que não vai ter erro o/

    Fiquei em dúvida se começava a assistir Shounen Maid também, mas como o estilo é meio feinho e eu nunca curti muito Shota (apesar de não ter nenhum hint no anime/manga), achei melhor nem arriscar. Me taquei em Super Lovers e estou gostando do plot e dos personagens até então. Já no segundo episódio o negócio vira de cabeça pra baixo! Estou me divertindo bastante.

    Além desses eu peguei Joker Game, Sakamoto desu ga, Gyakuten Saiban e a segunda temporada de Kyoukai no Rinna pra acompanhar. Estou AMANDO Joker Game! Parece ser um suspense muito inteligente! Sakamoto desu ga é uma comédia muito nada a ver, mas eu sou apaixonada pelo cool type do Sakamoto e a voz do Midorikawa é simplesmente IRRESISTÍVEL então né. Gyakuten Saiban está meio fraco como adaptação de um jogo tão bom. Eu não estou sentindo os mesmos impactos dos casos e as vozes não estão combinando muito com os protagonistas... mas eu ainda vou acompanhar pelo carinho que tenho pela série. Kyoukai no Rinne é sempre Kyoukai no Rinne, então quem gosta, gosta e quem não gosta, não tem jeito xD

    Vou ver se eu dou uma olhada nesse anime de suspense Mayoiga o-o adoro suspense com gore ehehe ♥

    Mitsu [ kazeyoku ]

    ResponderExcluir

- Aproveite este espaço para conversar conosco. As guardas estarão monitorando e moderando seus comentários para evitar que não sejam lidos e também evitar comentários desrespeitosos;

- Deixem sempre o link de vossos blogs nos comentários para que nós e outras pessoas possam visitar;

- Caso queira entrar em contato sobre o blog use o nosso e-mail (ruadasbegonias@gmail.com).

Siga o blog

Acompanhe pelo facebook

Conheça outros blogs